Está no Sangue…

12 08 2008
Interagro

Quínio Interagro

http://www.interagro.com.br/quinio2005.htm

 

Além de todos os valores que herdei do meu avô, Antonio Baiano, aprendi com ele a adorar os cavalos. O mais interessante, o quê pode parecer contraditório, é que ele criou toda a sua família fazendo carretos em sua modesta carroça de madeira, puxada por seus “amigos” e companheiros de trabalho, os cavalos.

A grande lição que recebi foi entender que os seus animais não eram seus “escravos”, eram mesmo companheiros. Eram respeitados, muito bem tratados, amados. Em troca, puxavam com força aquela humilde carroça, aparentemente felizes por fazerem parte da criação de toda a garotada.

Sim, não eram apenas os filhos e netos do Seo Antonio Baiano que usufruiam de passeios agradáveis. Toda a vizinhança, amigos e familiares também participaram efetivamente desta história. Muitas crianças eram transportadas até as suas escolas, sem que o meu avô recebesse nada por isso. Nada além do orgulho e da satisfação em se tornar o Vô Baiano!

Minha memória guarda mais fortemente a imagem da Égua Baia, e por algo que eu não sei explicar, registra também a existência de um cavalo negro, muito forte, o “Gaúcho”, que já não estava mais com o meu avô quando eu nasci…

Passeio em Familia

Passeio em Família

 


Ações

Information

One response

13 08 2008
Sirlei Aparecida da Silva

Adorei a matéria. Prá mim foi emocionante. Obrigado meu filho por reverenciar tanto o teu querido e inesquecível Vô Baiano….

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: