Carreira

 

foto André Luiz

André Luiz Villas Bôas e Silva

View André Luiz da Silva's LinkedIn profileView André Luiz Villas Bôas e Silva’s profile

— Senior Business Executive —

Larga experiência em identificação, gestão e desenvolvimento de negócios estratégicos, vivenciada em 11 anos de trabalho para a Xerox Corporation e pelos últimos 8 anos no segmento HealthCare, tendo atuado nos Hospitais VITA Curitiba, Rede D’Or São Luiz, HCor – Hospital do Coração e Santa Cruz de São Paulo.

Mais de 20 anos liderando negociações com clientes de grande porte, em projetos nacionais e internacionais, tais como Embraer, Johnson & Johnson, Siemens, Fosfertil, Sul América Saúde, Bradesco Saúde, Amil, Porto Seguro, Omint, Unimed’s, entre outros. Excelente relacionamento com a cadeia Farmacêutica, de Materiais e de Medical Devices. Relacionamento com Equipes Médicas e com Gestores dos principais hospitais brasileiros.

Desejo pela inovação e forte capacidade para gerenciar e decidir situações complexas, com histórico consolidado de superação de metas. Foco total no cliente, na identificação e na comunicação efetiva dos valores dos serviços e produtos negociados. Opção por vendas consultivas, criando relações de longo prazo.

Inglês Fluente – TOEIC 810 pontos; Espanhol intermediário; Green Belt Lean Six Sigma; Membro do Rotary International – Rotary Club de São Paulo.

MBA em Gestão de Negócios – ITA-ESPM – São José dos Campos/SP

Pós-graduação em Marketing – UNIMES – Santos/SP

Pós-graduação em Sistemas Digitais – UNISANTA – Santos/SP

Graduação em Ciências da Computação – UNISANTOS – Santos/SP

——————————————————————————————————————————-

 

A História da Minha Carreira

https://andreluisdasilva.wordpress.com/category/carreira/historia/

.

A Síndrome do Sapo Fervido

Aprendendo com a natureza...

Aprendendo com a natureza…

É inegável a velocidade e a intensidade das transformações sociais, políticas e econômicas em todo o mundo. Mas o que tem sido feito, pelas empresas, para acompanhar estas mudanças tão turbulentas? Que respostas têm sido dadas às pressões do ambiente externo? Estamos mudando a organização, sistema de trabalho e, principalmente, o comportamento das pessoas para enfrentar e vencer este desafio do mundo globalizado da competitividade, de profissionais mais maduros e conscientes? É aqui que entra a síndrome do “sapo fervido”.

Vários estudos biológicos provam que um sapo colocado num recipiente, com a mesma água de sua lagoa, fica estático durante todo o tempo que aquecemos a água, até que ferva. O sapo não reage ao gradual aumento da temperatura (mudanças do ambiente) e morre quando a água ferve. lnchadinho e feliz. Por outro lado, outro sapo que seja jogado neste recipiente já com a água fervendo salta imediatamente para fora. Meio chamuscado, porém vivo!

Muitos de nós temos comportamento similar ao do SAPO FERVIDO. Não percebemos as mudanças, achamos que está tudo bem, que vai passar, que é só dar um tempo! E “quebram” ou fazem um grande estrago em suas empresas, “morrendo” inchadinhos e felizes, sem terem percebido as mudanças. Outros, graças a Deus, ao serem confrontados com as transformações, pulam, saltam; em ações que representam, na metáfora, as mudanças necessárias.

Temos vários sapos fervidos por aí, prestes a morrer, porém boiando estáveis e impávidos na água que se aquece a cada minuto. Sapos fervidos que não perceberam que o conceito de administrar mudou.

O antigo “administrar é obter resultados através das pessoas” foi gradualmente substituído por “administrar é fazer as pessoas crescerem através do seu trabalho, atingindo os objetivos da empresa e satisfazendo suas próprias necessidades”.

Os sapos fervidos não perceberam, também, que seus gerentes, além de serem eficientes (fazer certo as coisas), precisam ser eficazes (fazer as coisas certas). E que para isso o clima interno tem que ser favorável ao crescimento profissional com espaço para o diálogo, para comunicação clara, para o compartilhamento, para o planejamento e para uma relação adulta.

O desafio ainda maior está na humildade de atuar de forma coletiva. Fizemos durante muitos anos culto ao individualismo e a turbulência exige hoje, o esforço coletivo, que é a essência da eficácia, como resposta. Tomar as ações coletivas exige, fundamentalmente, muita competência interpessoal para o desenvolvimento e o espírito de equipe; exige saber partilhar o poder, delegar, acreditar no potencial das pessoas e saber ouvir Os Sapos Fervidos, que ainda acreditam que o fundamental é a obediência e não a competência. Que “manda quem pode e obedece quem tem juízo”… Estes “boiarão” no mundo da produtividade, da qualidade e do livre mercado.

Fonte: Luiz Carlos Cabrera – Professor da Fundação Getúlio Vargas.
“Quando nasce, o homem é fraco e flexível. Quando morre é forte e rígido. A firmeza e resistência, são sinais de morte. A fraqueza e flexibilidade, manifestações da vida.”
Lao Tsé, Tao Te Ching
 ———————————————————————————————-

Seguindo Bons Exemplos

“Não sei dirigir de outra maneira que não seja arriscada. Quando tiver que ultrapassar, vou ultrapassar mesmo. Cada piloto tem um limite. O meu é um pouco acima do dos outros.”
“Quando você não está feliz, é preciso ser forte para mudar, resistir à tentação do retorno. O fraco não vai a lugar algum.”
“Brasileiro só aceita título se for de campeão. E eu sou brasileiro.”
Ayrton Senna da Silva

13 responses

4 10 2008
Roselaine

You are the Champion !!
I miss you.

31 03 2009
André Luis da Silva

Parabéns xará pela brilhante carreira e negócios. Infelizmente acabei sendo vítima da síndrome do sapo fervido e após 21 anos trabalhando no banespa/santander, acabei sendo demitido, depois de ganhar 04 x o prêmio de melhor gerente do Brasil na categoria. Mesmo após o baque preciso me reerguer e ser feliz.
Abraços.
André Luis da Silva – Pres. Prudente SP

3 08 2009
André Luiz e Silva

Como está você?
Como as coisas têm caminhado?

24 04 2009
Mauro Petersen França

Caros amigos, em especial…ao André Silva!

É verdade e com enorme pertinência, o síndrome do sapo fervido!
Nunca acomodar-se (deixar aquecer senm sentir!) e saber dar a volta por cima (saltar na hora certa!)!Regra fundamental do vencedor nato!
Já com alguma experiência de vida e profissional, vejo sempre com bons olhos os desafios que devemos criar, de uma maneira saudável e as vezes até acima dos nossos limites (ver Ayrton Senna!) para assim, podermos aferir a nossas reais possibilidades e limites.
Quando fui abordado pelo meu “sponsor” de hoje na Agel Enterprise, verifiquei duas situações fundamentais: a pessoa que me fez o convite e a empresa.
Foi relativamente simples entender que além de ser uma empresa sólida e com produtos muito diferenciados, o interlucutor que me apresentou a Agel, é e sempre foi digno de confiança, tanto pelo trabalho executado ao longo de sua vitoriosa vida desportiva, como pelo seu carácter vincado!
Não tive dúvidas em “encarar” este desafio com entusiasmo e a prova diso, são os resultados desta minha opção, ou seja, verdadeiramente incrívei!
As oportunidades e chances de sempre fazer algo de bom, parte da premissa em fazer algo que beneficie a todos e que o “eu” fique paralelo ao próximo parceiro. Juntos de certeza absoluta, faremos a diferença.
Quando levamos um “susto” na nossa vida, é sinal que não estavamos preparados para uma mudança e se neste momento recuarmos na ultrapssagem deste momento, talvez teremos que travar a nossa vida! Plagiando Ayrton Senna, quando vamos ultrapassar, vamos mesmos e assim, podemos encontrar outros desafios!
Vamos avançar, sempre e com a certeza que somos capazes de obter os louros do nosso empenho!
Estou a procura e a espera de líderes no Brasil para a Agel Enterprise (www.agel.com ou http://www.viewnextstep.com)e nestes, vou depositar toda a minha capacidade, sempre em salvaguarda de que nunca vou deixar aquecer e ser apanhado cozido!
Grande abraço, seja sempre feliz!!

Mauro Petersen França
Executive Agel Team

18 07 2009
Aziz Camali Constantino

Conheci profissionalmente, mas o considero como um amigo. Tento aprender um pouco em cada momento, obrigado André por acreditar em mim e no meu trabalho.

Grande abraço,

25 07 2009
André Luiz e Silva

Aziz,

Você é muito talentoso. A Dznhando já é uma realidade, um sucesso!
Parabéns.

Um abraço

1 08 2009
Luciano

André, parabéns pelo blog!
Está muito bom!
Sinceramente, nunca tive dúvidas do sucesso que você alcançaria, porque me lembro muito bem da sua simplicidade na época que você trabalhava na Xerox e era Gerente de Conta da KPMG. Nessa época, eu era Supervisor de Operações da Xerox, responsável pela KPMG, e todos os contatos que tivemos foram muito significativos para mim. Como citei antes, a sua simplicidade e o seu excelente relacionamento com os colegas, independente do nível hierárquico, com certeza serviu como exemplo de conduta para muitos, inclusive para mim.

Abraço!
Luciano

3 08 2009
André Luiz e Silva

Obrigado, Luciano!!
Forte abraço

24 08 2009
Cristina Paulon

Parabéns André…sempre talentoso e criativo!

25 08 2009
André Luiz e Silva

Obrigado Cristina!
Mande notícias suas.
Um abraço

8 09 2009
adriana

Que blog maravilhoso..estou encantada com o seu profissionalismo e taleto..espero que vc tenha luz plena na sua caminhada..e mesmo sem te conhecer ja te admiro..vc é uma inspiraçao…parabens

8 09 2009
André Luiz e Silva

Muito obrigado pelos elogios. Aguardarei as suas contribuições! Pode me mandar qualquer matéria que eu a colocarei no meu blog.

Um abraço

22 09 2009
Emily

Estou muito encantada e agradecida por ter sido lembrada.
é muito bom saber que existem pessoas que colocam em prática o que sonhamos.
Espero poder ajudar de alguma forma.
Conte Comigo.
Abs.
Emily

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: